Buscar
  • Isadora Balem

Prepare-$e para o divórcio



O divórcio é um momento bastante difícil da vida familiar: um ciclo se fecha para todos os membros daquela família e é necessário se acostumar com novas rotinas e configurações.


Muitas vezes o processo de tomada de decisão para esse momento é doloroso e lento. A reunião de documentos e provas que a advogada pede também é trabalhosa. Os filhos sentem tudo e a rebeldia explode.


Além das incertezas quanto aos valores da pensão, como funcionará a guarda e a convivência, a espreita da alegação de alienação parental, há o desespero ante a falta de recursos.


Quando se iniciam as tratativas de acordo ou se distribui a ação de divórcio, em regra a primeira atitude do homem é parar de pagar as contas que antes ele assumia- ainda que se reflitam diretamente no bem estar dos filhos, como forma de punição daquele mulher que tomou a iniciativa da separação.


Infelizmente até que haja uma decisão judicial nesse sentido, não há como obrigá-lo a continuar pagando mensalidades, boletos e financiamentos. Essa fase costuma ser um limbo jurídico que traz muita insegurança, e ansiedade. Se não houver uma preparação estratégica, com reserva financeira, é possível que você inclusive desista da sua decisão.


Por isso é importante que haja uma preparação financeira para o momento do divórcio, para que você tenha um pouco de tranquilidade nesse turbilhão de emoções: para que consiga contratar uma advogada especialista no assunto e da sua confiança, para que consiga manter a si e aos filhos até que os alimentos provisórios sejam fixados e, se for o caso, pagar prestações que estejam no seu nome e cuja inadimplência traz multas e juros.


Assim que estiver segura com a sua decisão, procure uma advogada para uma consulta preventiva e faça essa preparação da melhor forma possível!

1 visualização0 comentário